Procurar
Menu Menu

Como as marcas estão se comercializando para a Geração Z em 2022?

TikTok, tweets de memes e sorteios online estão sendo usados ​​para atrair uma nova geração de consumidores nativos digitais. Aqui está um rápido resumo de como as marcas estão se comercializando em 2022.

Quer saber como fazer seu negócio decolar com a Geração Z em 2022?

Com uma crise de energia a caminho, conflitos internacionais, mudanças climáticas, turbulência política e muito mais, pode ser difícil conquistar o apoio do público nesses tempos turbulentos. Isso é especialmente verdadeiro com a Geração Z, que é digitalmente experiente, cronicamente online e profundamente cética em relação a manobras de marketing e conteúdo de marca.

Tentar alcançar essa coorte pode ser um delicado equilíbrio de autenticidade, humor e persistência. Aqui estão cinco passos que muitas empresas adotaram para aumentar sua influência online que podem ajudá-lo.

Sinta-se à vontade para nos enviar um cheque como agradecimento quando você fizer isso grande.


TikTok, YouTube Shorts, Instagram Reels e vídeos curtos são uma prioridade

Leitores mais velhos podem se lembrar de uma época em que o YouTube era o principal conteúdo de vídeo.

Há uma década, era o único lugar real para postar anúncios, ganhar um número considerável de seguidores e causar uma boa impressão com o público da geração do milênio. Este não é o caso hoje.

Graças a plataformas como o TikTok, o conteúdo de formato curto tornou-se absolutamente essencial para o público da Geração Z, muitos dos quais o usam como principal fonte de entretenimento. Estudos sugeriram que a geração Z tem um tempo de atenção de oito segundos, o que significa que a velha guarda do conteúdo de formato longo simplesmente não vai dar conta. Pense em velocidade, mensagens imediatas e óbvias e publicidade concisa.

Se sua marca ainda não está no TikTok, você deve entrar o mais rápido possível. Converter esse conteúdo para Instagram Reels e YouTube Shorts também é uma boa ideia, pois ambas as plataformas são basicamente versões diluídas do TikTok. Lembre-se também de que o usuário médio percorre infinitamente o conteúdo rápido, então você precisará fazer um estrondo considerável para realmente se destacar.

Starburst tem conteúdo transmitido para espaço por chorar em voz alta.


Envolvendo-se na cultura dos memes

Este pode ser um desafio para acertar, mas é muito gratificante quando feito com sucesso. Geração Z quer autenticidade e relacionamento que não é forçado, especialmente em plataformas de mídia social como o Twitter.

Onde as empresas costumavam usar uma linguagem muito rígida e rígida para promover seus produtos e serviços, agora elas mergulham totalmente em tendências, memes, humor discreto e fofocas de influenciadores.

Veja o recente Tweet da Ryanair respondendo à KSI sobre Jake Paul abaixo, por exemplo. Não tem nada a ver com aviões, mas ajuda a promover o reconhecimento da marca para consumidores jovens. É aqui que o conteúdo de memes virais e uma compreensão genuína do discurso da internet fazem maravilhas.

Um conselho aqui - sempre atribua este trabalho a um jovem funcionário ou estagiário que passe seu tempo livre online. Não faz sentido atribuir a Derrick de cinquenta anos de vendas a tarefa de seguir YouTubers. Será óbvio que é uma jogada de marketing e não será genuína.

Conexão pessoal por meio de competições e construção de comunidades

Outra maneira de aproximar sua marca da Geração Z é oferecer competições, esquemas de recompensa e descontos por tempo limitado.

Vemos isso muito com empresas de jogos e produtos de serviço ao vivo, onde o conteúdo muda o tempo todo. Há uma sensação de 'perder' em temporadas de tendências ou itens que podem criar buzz com públicos-alvo específicos. Não procure mais do que Fortnite para o melhor exemplo deste modelo.

Envolver-se com comunidades e criativos em torno de seus serviços também é uma ótima maneira de gerar bons elogios e entusiasmo.

Outro excelente caso para isso é a série 'Rings Of Power' da Amazon. Um sorteio foi organizado recentemente no Twitter, onde os fãs poderiam ganhar ingressos para a estreia em Londres. O próprio gerente de produção de Thred, Elliot, foi junto como criador de conteúdo e postou seu próprio vídeo revisando o programa depois.

Esse ciclo de feedback de conteúdo e comunidade é uma ótima maneira de chegar à Geração Z – mesmo que a recepção do produto final acabe sendo questionável.

Se sua marca for menos focada no usuário, a mídia social ainda poderá ser usada de maneiras que incentivem o engajamento ativo. Considere enquetes, perguntas e respostas, brindes, oportunidades de divulgação, troca de seguidores, etc. Mostrar disposição para ouvir seus clientes pode ser um aspecto fundamental do apelo da Geração Z.


Patrocínios por meio de postagens de influenciadores e vídeos do YouTube

Este é um método testado e comprovado de divulgar sua marca para consumidores mais jovens sem parecer muito corporativo. Os patrocínios do YouTube tornaram-se um elemento importante da plataforma, e quase todos os criadores terão um anúncio lido em algum momento ou outro.

Você provavelmente já ouviu falar dos grandes.

Hello Fresh, Nord VPN, Squarespace e Raid Shadow Legends bombearam toneladas de investimento para grandes e pequenos criadores.

Lembre-se, você não precisa abordar exclusivamente os principais canais e, em alguns casos, ir para micro influenciadores é realmente mais eficaz com os jovens.

Um grande benefício dessa abordagem é que ela permite muita liberdade criativa. Dependendo de quão severa sua equipe de marketing é com as regras, você pode deixar os criadores dizerem o que quiserem sobre seu produto ou campanha.

Dar mais liberdade aos criadores do YouTube geralmente é melhor também, pois eles podem fazer um anúncio que se encaixa no tom e estilo de seu conteúdo regular. Patrocínios como esse também podem ser usados ​​no TikTok, Instagram e Snapchat, e você pode simplesmente executar um vídeo de anúncio tradicional sem um influenciador, se funcionar para sua marca.

Se você fizer isso, certifique-se de criar vídeos que combinem bem com a plataforma em que você está e esteja atento para perseguir uma tendência que já está desatualizada. Nada parece pior do que uma marca usando um meme de doze meses atrás.


Investir em questões de mudança social genuínas

Lembre-se daquele esquete de 'INSIDE' de Bo Burnham, onde ele finge ser um especialista em publicidade, determinado a transformar cada empresa conhecida pelo homem em um bastião para a mudança social?

— A questão não é qual serviço você está prestando. A questão é – o que você defende? Quem é você, rosquinhas? Esta é uma sátira cínica, é claro, mas contém alguma verdade.

A Geração Z está vivendo em um mundo onde o comercialismo e a ganância corporativa destruíram nossas economias, ecossistemas e padrões de vida pessoais. Eles entendem que gastar dinheiro é inerentemente negativo. Como diz o ditado, não há consumo ético sob o capitalismo.

Como resultado, eles geralmente tomam decisões de compra com base no cuidado e nas crenças da marca.

A Geração Z precisa sentir que as empresas que estão apoiando têm valores alinhados aos seus, especialmente quando se trata da crise climática. Se vamos comprar produtos e investir pessoalmente em branding, pode ser com as corporações menos malvadas que existem, certo?

Então, se ainda não o fez, considere adotar práticas éticas de produção e concentre-se em ser net zero. Adquira seus materiais de forma sustentável, pague os trabalhadores adequadamente e forneça evidências para mostrar que você se importar. Apoie os direitos LGBTQ+, seja progressista e ouça os jovens consumidores.

A marca DIY WICKES é um bom exemplo de como essa abordagem pode gerar engajamento.

É importante anunciar com sinceridade se você do decidir ir por esse caminho, mente.

Estamos vivendo uma era de lavagem verde esmagadora, onde as maiores corporações do mundo fingem cuidar do meio ambiente e de seus funcionários. Estou falando de Shell, Coca Cola, Uber e muito mais. A Geração Z não é tola e farejará marketing falso a uma milha de distância. Não caia na armadilha de cortar custos para salvar a cara.

Lembre-se, a autenticidade é primordial com consumidores jovens. Por que você acha que aplicativo de mídia social que mais cresce chama-se BeReal? Adaptar sua marca para mostrar cuidado e compreensão genuínos é a melhor maneira de alcançar a Geração Z.

 

Boletim informativo Thred!

Inscreva-se no nosso boletim informativo para o planeta positivo

Acessibilidade